A queda do dólar impacta os seus investimentos?

Tempo de Leitura 2 min.

O que parecia impossível há alguns meses está ocorrendo: depois de saltar 30% e atingir a máxima de R$ 5,88 em maio do ano passado, o dólar começa a cair perante o real. A moeda estrangeira atingiu a marca de R$ 4,92 essa semana. Foi a quarta vez que a divisa encerrou o dia a menos de R$ 5 no ano – todas durante a última semana.

Com isso, o real saiu do posto de sexta moeda que mais se desvalorizou em 2020 frente ao dólar (-22,4%), para a quarta moeda que mais se valorizou em 2021, segundo a agência de classificação de risco Austin Rating. No total, a alta é de 3,6% no acumulado do ano, passando na frente de outras divisas fortes, como o Dólar Canadense (3,2%) e a Libra Esterlina (2,3%). A pesquisa leva em conta os dados disponíveis até o fechamento da última terça-feira (22).

Para os investidores, a queda não agrada já que eles perdem rentabilidade das ações cotadas em dólar. Para o consumidor, é alteração positiva, reflete no custo de alguns produtos que são taxados na moeda.

Fonte: Estadão

comparativo prós e contras da queda do dólar

Daniele Machado

Redatora da Bankme

 

Outros Posts

Ferramentas Bankme

Newsletter

Av Ayrton Senna da Silva 760 b

Londrina – Paraná 

CEP  86050-460

Tel (43) 3372-9906