Comparativo

FIDC x Bankme

Compare por fases o funcionamento desses dois braços financeiros altamente rentáveis

Abertura

O que você deve levar em consideração nos processos de abertura:

FIDC

  • Definição do Tipo Estrutural;

  • Eleição do Modelo de Composição (Aberto/Fechado);

  • Composição de Governança Corporativa;

    Banco Gestor; Banco Custodiante; Banco Administrador; Auditoria

  • Cadastro Perante Órgãos Reguladores

    CVM, BACEN, SFN, etc.

  • Criação de Empresas e Estruturas Acessórias;

  • Composição de Equipe Administrativa

    Operacional interna e Equipe Comercial;

  • Contratação de Sistema Operacional;

    E das Tecnologias de Integração (Sistemas, API, etc)

  • Integralização Total do Capital à vista;

Tempo de abertura: 12-24 meses

R$ 80 mil

Custo médio de abertura

Bankme

  • Eleição da Estrutura e do Regime Tributário;

    Real ou Presumido

  • Plug & Play

    Apresentação e Treinamento da Plataforma de Gestão, Eficiência Tecnológica Operacional-Comercial

  • Integralização do Capital.

Tempo de abertura: 30-90 dias

R$ 1 mil

Custo médio de abertura

Gestão

O que você deve preparar para a gestão:

FIDC

  • A estrutura administrativa deve conter:

  • Gerente;

  • Operador;

  • Analista de Crédito;

  • Comercial;

  • Contador especializado;

  • Jurídico especializado;

  • Sistema;

As decisões passam obrigatoriamente pelo conselho composto pelos representantes da governança corporativa e os acionistas, conforme definido no regimento constitutivo.

R$ 50.000

Média de custo fixo mensal

Bankme

  • Sua estrutura administrativa e operacional já está pronta dentro da Bankme.

  • Sistema com tecnologia própria desenvolvida especialmente para gestão dos Mini Bancos;

Toda e qualquer decisão sobre o seu Mini Banco é tomada diretamente pelo dono da empresa que o constitui, seu corpo societário ou gestor indicado.

R$ 3.500

Média de custo fixo mensal

Operação

Como acontece a gestão:

FIDC

  • A liberação das operações é feita pelos órgãos reguladores, normalmente em até 3 dias, com base no nas limitações do tipo de FIDC escolhido e da análise simples do cedente/sacado;

  • As taxas de operação passam pela aprovação do conselho e órgãos reguladores;

  • Custos da Prospecção Comercial por sua conta;

  • Custos da Estruturação Operacional por sua conta;

  • Rateio do lucro com os investidores institucionais.

O Breakeven da operação é atingido ao movimentar mensalmente:

R$ 15 milhões

a uma taxa de 2% a.m.

Bankme

  • Para efetuar operações de risco calculado a Bankme faz uma análise de perfil ampla, indicando a natureza das restrições do sacado e disponibilizando para o gestor do Mini Banco a opção de seguir ou não com a operação;

  • As taxas de operação são definidas pelo dono do Mini Banco, que pode até personaliza-las conforme o sacado;

  • Prospecção Comercial 100% por nossa conta;

  • Estruturação Operacional 100% por nossa conta.

  • A Bankme também trabalha com modelos de investidor único, em outras palavras, o lucro é só seu.

O Breakeven da operação é atingido ao movimentar mensalmente:

R$ 300 mil

a uma taxa de 2% a.m.

Rentabilidade

Os principais pontos de atenção:

FIDC

  • O saque dos lucros só é possível ao final do contrato de encerramento do fundo;

  • Pagamento de IR Regressivo sobre o lucro;

  • 50% do valor integralizado deve ser liquidado nos primeiros 90dias;

  • Tributação de PIS e COFINS sobre o lucro inesperado.

Carga Tributária Média Final (sobre o faturamento)*: 16%

Bankme

  • O saque dos lucros pode ser feito a qualquer momento;

  • Incidência de IR Regressivo apenas sobre o lucro das debentures;

  • Integralização flexível e progressiva;

  • Planejamento tributário e recolhimentos por nossa conta.

Carga Tributária Média Final (sobre o faturamento): entre 5,93% e 7,73% dependendo do montante transacionado.

Quer saber mais?

Converse diretamente com nossas consultoras: